por | 17 Abr, 2020 | Desporto, Grandes Louzadenses

Sonho de Sara Catarina Ribeiro adiado

Sonho de Sara Catarina Ribeiro adiado

Sara Catarina Ribeiro, atleta lustosense que havia conseguido os mínimos para participar nos Jogos Olímpicos de Tóquio, vê o seu sonho adiado por culpa da pandemia, que levou ao adiamento dos Jogos para 2021.

O adiamento dos Jogos Olímpicos pode mesmo deitar por terra o sonho de Sara Catarina, visto que podem surgir atletas cujos resultados suplantem o seu, tirando-lhe o lugar. Assim, a atleta não esconde a sua tristeza: “Fiquei triste com o adiamento dos jogos, ainda mais por serem adiados pela razão que foi. Para além de ter de esperar mais um ano. É um ano em que outros atletas poderão tentar tirar-me a minha vaga. Será mais sacrifício e mais ansiedade até ao momento da minha participação”, diz.

Apesar de tudo, garante que os atletas são treinados física e psicologicamente para os diferentes desafios. Será complicado gerir as emoções, mas está certa de que vai conseguir fazê-lo. Será mais um ano de treino, que sucede a um período bastante positivo e de grande forma física: “Eu tive duas semanas de estágio, de treino intenso, pois iria ter o campeonato nacional, que entretanto foi cancelado, e sentia-me muito bem, o que me dava bons indicadores para começar os Jogos Olímpicos em boa forma”, conta.

O facto de terem surgido vários casos de Covid-19 no concelho, no início, não mudou muito a sua vida, apesar de os treinos em grupo terem sido suspensos. Foi essa a principal diferença. Posteriormente, o estado de emergência veio condicionar ainda mais os treinos. Apesar dos condicionalismos, a autarquia lousadense criou as condições para o treino, disponibilizando o Complexo Desportivo às atletas de alta competição Sara Catarina e Salomé. “Desde sempre a Câmara esteve disponível para nos ajudar”, diz

A rotina de Sara não mudou muito e a sua vida oscila entre o treino e o descanso. “Tento só sair em situações necessárias”, afirma.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Já começaram as movimentações para formar a Comissão de Festas

Romaria da Senhora Aparecida O artigo da anterior edição do nosso jornal, sobre a ausência de...

Editorial 115 | Silêncio

A 26 de fevereiro de 1954 nascia Mário Fernando Ribeiro Pacheco Fonseca, figura incontornável da...

Direção ameaça entregar chaves do clube se não houver acordo com autarquia

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE LOUSADA A ADL está em modo de «gestão a prazo», pois a atual Direção já...

Lousada recebeu entrega de prémios da AT Porto

Retomou-se, no passado dia 3 de Fevereiro, a habitual cerimónia de entrega de prémios da...

Peça de teatro promove a sensibilização e prevenção rodoviária nos mais novos

A nova edição da campanha de sensibilização, que transforma as crianças em agentes de segurança e...

Jantar-Comício do Partido CHEGA traz André Ventura a Lousada

O Presidente do Partido CHEGA, André Ventura, marcará presença no jantar oficial de campanha do...

Santuário de São Gonçalo de Lustosa

Lustosa é uma parcela do concelho de Louzada que gosto de percorrer e apreciar, mormente a...

Professor de artes é “artista de horas livres”

Joaquim Alexandre Ribeiro: A moldar lousadenses pela arte O professor Joaquim Alexandre Nunes...

Amanhã virás Sol, amanhã virás

ABRIL LOUZADENSE (IX) Um dos maiores vultos portugueses da luta contra a ditadura foi o...

O verdadeiro voto útil e a matemática do “Chega” para lá

Dúvidas ainda houvesse sobre a importância do projecto da Aliança Democrática (AD) e da...

Siga-nos nas redes sociais