por | 5 Jun, 2022 | Opinião, Saber(or) Saudável

Os desafios da Segurança Alimentar em/na guerra

Opinião de Maria Neto

As mudanças climáticas, a escassez de recursos hídricos ou a degradação dos solos são algumas das ameaças/riscos que colocam em causa a Segurança Alimentar, além dos atuais efeitos socioeconômicos da pandemia da COVID-19 e da guerra. 

A disponibilidade dos alimentos, o acesso das pessoas a estes e um consumo adequado do ponto de vista nutricional são os pilares, o sustentáculo de e para a Segurança Alimentar. O conceito de Segurança Alimentar tem subjacente o direito à alimentação,  que de acordo com a Declaração de Roma Sobre a Segurança Alimentar Mundial de 1996, é entendido como o princípio que procura garantir o acesso físico e económico, suficiente e nutritivo de alimentos, com o propósito de asseverar uma vida ativa e saudável. 

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) alertou que, a guerra na Ucrânia acarreta severos riscos para a Segurança Alimentar global, em consequência do impacto da Rússia e da Ucrânia na produção e fornecimento de alimentos no mundo.

A FAO atenta ainda que, os riscos consequentes da guerra estão relacionados com o fluxo de trocas comerciais a nível internacional, com a capacidade produtiva da Ucrânia e da Rússia, com a inflação e com o efeito da taxa de câmbio.

Neste período superior a três meses da invasão da Ucrânia e sem perspetiva para o fim da guerra, os efeitos do conflito são cada vez mais sentidos no mundo. Aspetos conexos à Segurança Alimentar são cruciais, dada a importância destes países no fornecimento global de grãos e fertilizantes, acresce ainda, as dependências/ligações económicas e financeiras incidentes nas cadeias alimentares, a exemplo, as derivadas dos preços de óleo e gás. Neste cenário mutante de poder global, a Segurança Alimentar tem um papel primordial.

A diminuição da oferta dos alimentos, em génese pela destruição devido à guerra, pelos embargos comerciais, pelo protecionismo ou inseguranças logísticas, acarreta um incremento dos valores dos produtos, comprometendo pejorativamente a Segurança Alimentar global, em realce nas dimensões, de disponibilidade, de acesso e de estabilidade, nomeadamente, em países dependentes da exportação dos insumos produzidos pela Rússia e Ucrânia.

Com os países a pugnarem para garantir alimentos suficientes e dar resposta e vasão às necessidades nutricionais das suas populações, muitos esbateram-se com a necessidade de reavaliar as suas dependências alimentares e procurar expandir, designadamente, através a produção local, assente em eixos inclusivos como a melhor produção, a melhor nutrição, o melhor ambiente e a melhor vida

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Resistência e Liberdade» obteve 3.º Prémio no Concurso «25 de Abril, um projeto de Liberdade»

Alunos e professores do AE Dr. Mário Fonseca, envolvidos no Projeto «Resistência e Liberdade»,...

Mostra coletiva de artistas revela vitalidade da arte lousadense

NA BIBLIOTECA MUNICIPAL E CAIS CULTURAL DE CAÍDE DE REI A diversidade de estilos e técnicas são...

Uma centena de jovens na Final Regional do Xadrez Escolar do Norte na Escola Secundária de Lousada

A Escola Secundária de Lousada acolheu, no dia 10 de maio, a final da modalidade de xadrez da...

Sacrifício, Liberdade e Memória da Revolução dos Cravos

No ano em que se comemora os cinquenta anos da Revolução dos Cravos importa mergulhar no passado...

Iluminar Lousada – Uma Luz Solidária para a Cooperativa Lousavidas

O Iluminar Lousada vai realizar-se no dia 18 de maio, e as velas solidárias estão já estão à...

Pimenta na censura dos outros, na minha liberdade é refresco

No passado dia 25 de Abril celebraram-se os 50 anos sobre a revolução que derrubou o regime...

Vinhos das Caves do Monte projetam Lousada no mundo

Freitas de Balteiro: O embrião de uma tradição Em 1947, nas terras férteis da freguesia de...

Caixa Agrícola rejeita lista de sócios candidatos a eleições: Lista avança com Providência Cautelar

A Caixa de Crédito Agrícola de Terras do Sousa, Ave, Basto e Tâmega (CCAM TSABT) está envolta em...

Um pioneiro da comunicação regional

Rafael Telmo da Silva Ferreira, professor e diretor da Valsousa TV Em setembro faz 25 anos que...

A Casa Nobre No Concelho de Lousada

Tipologias - XII | Capela II A capela podia ser levantada por forma a dar seguimento à fachada da...

Siga-nos nas redes sociais