por | 3 Mar, 2023 | Política, Sociedade

Assembleia Municipal de 24 de fevereiro: Serviços de Saúde e Loja do Cidadão foram os assuntos em destaque

Saúde dos lousadenses foi tema central

O debate sobre o estado da saúde em Lousada foi trazido à Assembleia Municipal de Lousada por Leonel Vieira (Coligação Acreditar Lousada – PPD/PSD.CDS-PP), referindo que é preocupante o facto de cerca de 6000 lousadenses ter o seu acesso comprometido a cuidados de saúde primários, porque ou os médicos de família estariam ausentes por doença ou licença, ou então, por simplesmente, ainda existirem utentes sem médico de família atribuído. Eduarda Ferreira (Partido Socialista) rebateu os dados, aludindo que os dados publicados por um órgão de comunicação social não apresentavam os números explanados. Pedro Machado, presidente da Câmara Municipal, referiu que os dados apresentados pelo ACES Vale Sousa Norte não representam esse défice, reportando esses dados a fevereiro. Os dados apresentados revelam que, no entanto, até ao início do mês de fevereiro haveria uma lista a descoberto (cerca de 1500 utentes) na UCSP Caíde de Rei, que ficou resolvida com a colocação de um médico nesse posto de saúde. Foi ainda revelado que existiam três ausências de médico de família no concelho, sendo que foram abertos concursos de substituição dos mesmos, tendo as mesmas sido realizadas, e esses cerca de 4500 utentes ficaram salvaguardados. A abordagem da Coligação Acreditar Lousada, realizada por Leonel Vieira, revelou ainda a preocupação de que, com a criação de uma possível USF em Caíde de Rei, o Centro de Saúde de Meinedo possa a vir a encerrar, pela falta de capacidade em atrair utentes, nomeadamente pela sua incapacidade de dar resposta alargada aos utentes inscritos nesse Centro de Saúde. Nuno Ferreira, Presidente da Junta de Freguesia de Meinedo, referiu que o importante a fazer é cativar as pessoas a inscreverem-se no Centro de Saúde daquela localidade, no sentido criar uma nova lista de utentes, tendo ainda informações por parte do ACES Vale do Sousa Norte que o Posto Médico de Meinedo não encerrará, seja em que circunstância for. Nuno Ferreira, deu ainda a garantia que enquanto for Presidente da Junta de Freguesia de Meinedo, o Centro de Saúde não encerrará, e espera que o mesmo possa manter-se em funcionamento por muitos e longos anos.

Novos Centros de Saúde no Centro da Vila e no Vale Mezio

Ainda na senda da saúde, Leonel Vieira (Coligação Acreditar Lousada) defendeu a construção de dois novos Centros de Saúde no concelho, recomendando à Câmara Municipal de Lousada que usasse os fundos do quadro comunitário 2030, para cumprir a proposta autárquica, defendida por ambas as candidaturas às eleições autárquicas, para a construção de um Centro de Saúde na zona oeste do concelho, nomeadamente no Vale do Mezio, bem como, a construção de um novo Centro de Saúde no centro da vila, que substitua o atual, permitindo a criação de uma nova estrutura de saúde num local de fácil acesso e que pudesse servir de forma mais musculada e funcional a população lousadense, pelo facto de que o existente não poderá ser ampliado. Leonel Vieira referiu esperar que o Município esteja à altura deste desafio. Pedro Machado, presidente da Câmara Municipal, referiu que será quase impossível construir dois novos centros de saúde em Lousada, por falta de possibilidade de conseguir convencer o Ministério de Saúde a realizar tais investimentos, e que, no seu entender, o investimento passa por criar apenas um centro de saúde no Vale do Mezio, libertando espaço no centro de saúde do centro da Vila, podendo assim, criar valências que não têm sido possíveis, por falta de espaço.

Loja do Cidadão poderá ser uma realidade, sem que esteja fechado o local exato

Dando prosseguimento à proposta que o PSD Lousada apresentou na semana que antecedeu a Assembleia Municipal, Leonel Vieira, voltou a analisar a situação dos serviços públicos prestados aos lousadenses, nomeadamente em relação ao Serviço de Finanças, Conservatória do Registo Civil e Predial e ainda os Correios. Foi então proposta a construção de uma Loja de Cidadão que, além dos serviços anteriormente analisados, pudesse ainda contemplar serviços municipais, da segurança social, bem como da EDP e de outros operadores energéticos. Para tal, a Coligação Acreditar Lousada (PPD/PSD.CDS-PP), defendeu a construção desta loja de cidadão nos terrenos adquiridos pela autarquia junto à Praça do Pelourinho, terreno que a Câmara Municipal de Lousada adquiriu para construção de um novo mercado municipal. Foi ainda defendido que este edifício possa ter uma grande capacidade de estacionamento, para dar respostas às dificuldades existentes na zona. O Presidente da Câmara Municipal de Lousada, Pedro Machado, concordou que é prioritária a construção da Loja do Cidadão de Lousada, referindo que, no entanto, a localização ainda não está fechada, pelo facto de considerar que o local para o espaço devesse ser numa área onde não houvesse tanta pressão ao nível do trânsito, mencionando que a Câmara Municipal está em negociações para uma localização alternativa, sendo que num curto prazo poderá fornecer novidades sobre o assunto.
As sessões da Assembleia Municipal são transmitidas em direto e estão disponíveis para consulta no canal de Youtube do Município, em https://www.youtube.com/@cmlousada.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Firmino Mendonça, o cafeteiro mais antigo

O cinquentenário Café Paládio é uma espécie de instituição comercial em Lousada e tem Firmino...

Intercâmbio cultural na Croácia

Um artista multifacetado e aventureiro, assim se pode definir o lousadense José Pedro Moreira, de...

Inglesa procura as suas origens em Lousada

CHAMA-SE ELIZABETH NATASHA LOUSADA Por várias razões (afetivas, existencialistas ou simplesmente...

Clube de Ténis de Mesa de Lousada

Esta edição possui o prazer de apresentar o emocionante mundo do ténis de mesa aos olhos de Rui...

Centros de Interpretação da Rota do Românico com entrada livre

Nos próximos dias 22, 23 e 24 de setembro, o ingresso nos Centros de Interpretação do Românico e...

Artur Faria demite-se da Caixa Agrícola

Artur Faria, Presidente do Conselho de Administração da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Terras...

Município integra projeto 2030 Youth Vision

"Queres construir um mundo mais justo e sustentável?" é a designação da iniciativa que vai ser...

Era uma vez uma praça do Românico (parte II)

Construtor contesta anulação da obra No seguimento da reportagem publicada na nossa edição...

AGRADECIMENTO

MARIA LUISA PAULA PEREIRA DE BESSA MACHADO (22 de Agosto 1947 a 11 de Setembro 2023) A família...

Apresentação do 6.º volume da Revista Lucanus

O 6.º volume da Revista Lucanus - Ambiente e Sociedade vai ser apresentado no dia 21 de setembro,...

Siga-nos nas redes sociais